19 3869.6161   •   vendas@origembr.com.br
suporte   •      

Crise: demitir ou não demitir? O ERP tem a solução! 

Competência, RH, Lider, Investimento, Dinheiro

Em um momento de crise sem precedentes como o que temos vivido nos últimos meses, muitas empresas se veem obrigadas a demitir funcionários para cortar custos e conseguir sobreviver ao rombo que o coronavírus causou no caixa. No entanto, essa nem sempre é a melhor solução.

Segundo especialistas da FGV, demitir um funcionário que tenha um alto nível de qualificação, por exemplo, pode trazer mais problemas do que soluções a médio prazo. Afinal, quando a crise terminar, e mesmo para ajudar a passar por ela, a expertise e o conhecimento desses funcionários serão mais necessários do que nunca. 

Outra situação em que demitir funcionários pode trazer desvantagens se dá em relação àqueles nos quais a empresa já tenha investido bastante dinheiro por meio do oferecimento de cursos e treinamentos. Demitir esses profissionais vai gerar a necessidade de, no futuro, com o fim da crise, ter que gastar esse dinheiro novamente com os mesmos cursos e treinamentos para os novos contratados.


Além desses fatores, ainda tem a questão de que demitir funcionários sempre gera custos para a empresa, que precisa pagar todos os direitos trabalhistas aos demitidos. Esses custos podem acabar também impactando ainda mais um orçamento já fragilizado pela crise.

Apesar de tudo isso, é evidente que há casos em que, infelizmente, a demissão é a única alternativa que resta e, para avaliar com cuidado a situação e tomar decisões corretas, não há ferramenta melhor do que um ERP como o Easy ERP. Com ele, é possível verificar o desempenho dos colaboradores na empresa através de como utilizam o software, quais atividades estão realizando, em que período e por quanto tempo. Assim, se for realmente necessário reduzir o time, será mais fácil identificar quais são os profissionais cuja performance já vem deixando a desejar e também aqueles que vêm se mostrando menos essenciais.

Por todas as desvantagens que uma demissão pode acabar trazendo para a empresa – e também para o funcionário neste momento delicado de crise –, os especialistas têm recomendado que os empresários busquem outras saídas, como acordos, renegociação de contratos, redução de jornada, empréstimos, outros cortes de gastos, etc., e que a demissão seja sempre a última alternativa cogitada. No entanto, diante de uma situação em que demitir funcionários seja inevitável, busque sempre apoio em ferramentas como um ERP para fazer uma análise cuidadosa de todos os ângulos da situação e, assim, tomar a melhor decisão para remediar a crise.

Deseja realizar um orçamento ou tirar alguma dúvida sobre nossos serviços? Preencha seus dados abaixo que entraremos em contato o mais breve possível!

Preencha o campo nome. Preencha o campo whatsapp.
Preencha o campo e-mail.
WhatsApp