19 3869.6161   •   vendas@origembr.com.br
suporte   •    

Update Easy ERP [2018.6.1.0]

Update Easy ERP [2018.6.1.0] Liberado em 22/06/2018

Versão preparada para emitir Notas Fiscais no ambiente 4.00!


Sistema preparado para todos os cenários do Fundo de Combate à Pobreza:


As novas tags FCP foram implementadas na emissão de notas fiscais:

  • Criamos o campo FCP (%) no cadastro de Classificação Fiscal para que o usuário possa informar a alíquota de FCP a ser usada em operações dentro do Estado.
  • Nas rotinas de faturamento o sistema deverá calcular o FCP, se houver, em operações:
    • Dentro do Estado;
    • Dentro do Estado com ICMS ST;
    • Fora do Estado com ICMS;
    • Fora do Estado com ICMS ST (já faz);
    • Fora do Estado com Partilha de ICMS (já faz);

Estas tags serão informadas conforme o CST/CSOSN (vide tabela abaixo).

Grupo N - Itens da nota fiscal

Quanto ao grupo N, a possibilidade de informar ou não as tags relativas ao FCP varia de acordo com o CST/CSOSN:

Tag

FCP

Descrição

00

10

20

30

51

60

70

90

201

202

203

500

900

N17a

vBCFCP

Valor da Base de Cálculo do FCP

 

X

X

 

X

 

X

X

         

N17b

pFCP

Percentual do Fundo de Combate à Pobreza (FCP)

X

X

X

 

X

 

X

X

         

N17c

vFCP

Valor do Fundo de Combate à Pobreza (FCP)

X

X

X

 

X

 

X

X

         

N23a

vBCFCPST

Valor da Base de Cálculo do FCP retido por Substituição Tributária

 

X

 

X

   

X

X

X

X

X

 

X

N23b

pFCPST

Percentual do FCP retido por Substituição Tributária

 

X

 

X

   

X

X

X

X

X

 

X

N23d

vFCPST

Valor do FCP retido por Substituição Tributária

 

X

 

X

   

X

X

X

X

X

 

X

N26a

pST

Alíquota suportada pelo Consumidor Final

         

X

         

X

 

N27a

vBCFCPSTRet

Valor da Base de Cálculo do FCP retido anteriormente por ST

         

X

         

X

 

N27b

pFCPSTRet

Percentual do FCP retido anteriormente por Substituição Tributária

         

X

         

X

 

N27d

vFCPSTRet

Valor do FCP retido por Substituição Tributária

         

X

         

X

 

Estas tags não foram implementadas no grupo N de notas triangulares.

 

Grupo W - Totalizadores da nota fiscal

Quanto ao grupo W, foram implementadas novas tags também:

  • vFCP - Valor de FCP acumulado;
  • vFCPST - Valor de FCP ST acumulado;
    • Cálculo: (vBCFCPST * pFCPST %) - vFCP = vFCPST
  • vFCPSTRet - Valor de FCP ST retido acumulado;
  • vIPIDevol - Valor de IPI da devolução (zerada);
    Estas sempre são informadas mesmo com valor zerado.

 

Informações relativas ao FCP na DANFE

Informações da FCP que serão exibidas em tags específicas e em campos da DANFE

  • No campo de “Informações Adicionais do Produto" a tag: infAdProd, os valores informados por item nos campos (vBCFCP, pFCP, vFCP, vBCFCPST, pFCPST, vFCPST), quando existirem.
  • Os valores de totais do FCP (id: W04b e W06a) devem ser informados em “Informações Adicionais de Interesse do Fisco, campo infAdFisco, quando existirem.”
  • Os totais são exibidos nos Dados Adicionais da DANFE.

Novas informações de pagamento na NF-e 4.00:

Agora o sistema informa o grupo YA com as tags:

  • tag <indPag>
    Mesma regra que era usada anteriormente para a antiga tag indPag, cujo conteúdo pode ser:
    • 0 - Pagamento à Vista
    • 1 - Pagamento à Prazo
      É informado automaticamente dependendo da condição de pagamento.
  • tag <tPag>
    Para informar corretamente o tPag, foi criada uma caixa de seleção, a ser usada no último passo da emissão da NF-e, onde o usuário deverá informar um dos seguintes meios de pagamento:
    • 01 - Dinheiro
    • 02 - Cheque
    • 03 - Cartão de Crédito
    • 04 - Cartão de Débito
    • 05 - Crédito Loja
    • 10 - Vale Alimentação
    • 11 - Vale Refeição
    • 12 - Vale Presente
    • 13 - Vale Combustível
    • 15 - Boleto Bancário
    • 90 - Sem pagamento
    • 99 - Outros
      Onde o sistema irá sugerir a opção 15 para emissão de NF-e. 
      Para devolução/ajuste ele irá informar 90, por padrão.
  • tag <vPag>
    O sistema informa o valor total da nota.

Novidades na NF-e 4.00 para medicamentos:

Grupo K

  • As tags de lote foram retiradas e enviadas para o grupo I80.
  • A tag vPMC (preço máximo ao consumidor) continua neste grupo (K06). É enviada sempre que o produto é um medicamento (P0PR.MAXIMO).
  • Criada a nova tag <cProdANVISA> obrigatória quando o grupo <med> é aberto.
    • Preencher essa informação no cadastro de Produtos > aba 'Produção Promocional e Outros' > Código ANVISA.
    • As tags são informadas na nota apenas quando o produto é marcado como Medicamento ou Matéria-Prima?
    • Incluímos uma validação ao salvar o produto, caso seja marcado como Medicamento ou Matéria-Prima? o sistema valida se foi informado o Código ANVISA. Caso não tenha sido informado, o sistema exibe uma mensagem alertando sobre a obrigatoriedade do mesmo ao emitir a NF-e, mas permite que o usuário opte por salvar sem informar esse código;
    • Incluímos uma nova regra antes da emissão de NF-e, para que, ao faturar, se o item estiver informado como medicamento no cadastro de produtos e não possua código ANVISA informado o sistema gere um alerta/crítica nesta rotina.
<med>
  <cProdANVISA>123456789A123</cProdANVISA>
  <vPMC>13.55</vPMC>
</med>

 

Grupo I80

Recebeu as tags referentes aos lotes de produtos:

<rastro>
  <nLote>07162058</nLote>
  <qLote>2.000</qLote>
  <dFab>2017-05-01</dFab>
  <dVal>2019-05-30</dVal>
  <cAgreg></cAgreg>
</rastro>

Agora é possível usar a tag <USUARIO_LOGADO> nos scripts SQL dos relatórios customizados. Essa tag traz automaticamente o apelido do usuário logado no sistema.

Novas tags podem ser criadas nesse mesmo contexto.

Exemplo

select vendedor as "Vendedor", p0po.numero as "Número", dataem as "Emissão", PCM as "Referência", empresa as "Cliente", possivel as "Possibilidade", sum(p0itpr.total) as "Valor" from p0po
left outer join p0itpr on p0itpr.numero=p0po.numero
where dataem>=:vdatai and dataem<=:vdataf AND POSSIVEL<>'Revisada'
and vendedor = <USUARIO_LOGADO>
group by vendedor, p0po.numero, dataem, PCM, empresa, possivel
ORDER BY POSSIVEL

Nova rotina 'Pesquisa rápida de produtos'

Criamos uma tela em que o usuário poderá buscar qualquer texto de alguns campos do cadastro de produtos, essa tela pode ser chamada em diversas outras pelo atalho CTRL + F1.
Os campos são personalizáveis pela preferência do sistema.

Utilitários > Preferências do Sistema > aba 'Gerais' > Busca avançada de produtos por
Selecione os campos que o sistema deve fazer a busca.

  • 1 - A rotina será executada a partir das telas listadas abaixo, usando o atalho "CTRL+F1".
  • 2 - Neste caso, o sistema exibe uma tela de busca avançada no cadastro de produtos. Um duplo clique sobre um produto busca-o na grade da tela aberta atualmente.
  • 3 - Os campos que serão utilizados na busca são parametrizáveis através de um grupo nas preferências do sistema, que (por enquanto) não ficam salvas na P0PREF, mas sim no arquivo Config_Busca_Avanc.knd.
  • 4 - Se nas preferências, estiver ativada a opção para ocultar itens obsoletos, estes itens não aparecerão nos resultados desta busca.
  • 5 - A busca ocorre de forma automática a partir da digitação do 3 caractere no campo de busca, porém, se o usuário desejar buscar por uma expressão com 1 ou 2 caracteres, basta informar a expressão e utilizar o botão ao lado do campo de busca para "forçar" a busca.
  • 6 - A busca avançada se dá por padrão no campo código (P0PR.CODIGO), mas o usuário poderá incluir na busca os campos:
    • Descrição resumida (P0PR.DESCRES);
    • Descrição completa (P0PR.DESC);
    • Código de equivalência (P0PR.CODIGOEQ);
    • Código de fábrica (P0PR.CODFAB);
    • Código SINTEGRA (P0PR.CODIGOSINTEGRA).
  • 7 - Essa tela possui configuração de colunas.

As telas que poderão, inicialmente, executar a nova funcionalidade são:

  • Cadastro de Produtos;
  • Cadastro de Estoque;
  • Inclusão de item na proposta;
  • Inclusão de item no PV manual;
  • Inclusão de item no PC;
  • Entrada de nota fiscal de terceiro sem XML (seleção de produtos).

O sistema recebeu novas travas relacionadas ao campo Tipo de Frete:

  • O sistema não permitirá ao usuário concluir as seguintes rotinas sem que informe o campo de Tipo de Frete ("frete por conta"):
    • Na escrituração de NF-e de terceiros;
    • Emissão de NF-e própria;
    • Notas de devolução;

Criamos uma nova preferência do sistema chamada Permitir alteração da margem no contas a receber após a baixa.

Utilitários > Preferências do Sistema > aba 'Financeiro' > marcar 'Permitir alteração da margem no contas a receber após a baixa'

  • Com essa preferência ativa o usuário poderá alterar o campo Margem (%) do título na tela do contas a Receber;
  • Para alterar a margem basta dar um duplo clique sobre o campo do título desejado;
  • O usuário poderá alterar a margem de títulos baixados e/ou enviados para cobrança;

P0PREF.ALT_MG_REC_BX


Vendas para empresa de fora do estado porém com operação Presencial:

Inicialmente apenas na opção de Pedido de Vendas Manual:

Emitindo a nota

  • 1 - Será necessário cadastrar um CFOP especifico para essa operação (ICMS = isento);
  • 2 - O campo Frete por Conta? (modFrete) deve ser igual a 9 - "Sem frete", o campo fica nas Informações Adicionais do PV;
    • Notas com campo <indPres> igual a 1 - Operação presencial não podem possuir frete;
  • 3 - Zerar a alíquota de ICMS dos produtos do Pedido de Vendas (se for o caso);
  • 4 - Na tela de seleção de CFOP criamos o campo Indic. Presença, o usuário deverá informar 1-Operação presencial
    • A partir desse momento o usuário poderá selecionar uma CFOP iniciada em 5XXX;
  • 5 - Prosseguir para a emissão da Nota;

O relatório disponível em:

Parceiros > Clique direito na grade que lista os parceiros > Relatório de Materiais Faturados para esse cliente

Agora é PRECISO ser bloqueado/desbloqueado conforme a permissão de usuário:

Usuários > aba 'Parceiros de Negócios' > Pesquisar Faturas


Alteração na tentativa de envios de uma nota fiscal:

Originalmente, o sistema realizava de início 10 tentativas com intervalo de 1 segundo entre cada uma.
Caso o retorno seja "Lote em processamento" (105) ou "Erro no processamento", o sistema oferecia ao usuário a possibilidade de realizar mais 10 tentativas. Porém, desta forma, o usuário rapidamente poderia atingir o limite de 30 consumos sobre a mesma nota com a mesma rejeição, causando um bloqueio de 1 hora em todas as consultas à SEFAZ.

Portanto, alteramos as regras de negócios:

  • Inicialmente, o sistema realizará 3 tentativas de envio do XML, espaçadas em 1 segundo;
  • Caso o retorno seja "Lote em processamento" (105) ou "Erro no processamento", o sistema oferecerá ao usuário a possibilidade de realizar mais 3 tentativas;
    • Porém, caso já tenham sido realizadas, no total, 15 ou mais tentativas, o sistema alertará ao usuário a respeito do risco do bloqueio e pedirá uma confirmação adicional. Caso o usuário confirme que deseja realizar mais tentativas, isso será registrado no log de eventos.

Melhoria no envio de Propostas em empresas que usam o RemoteApps:

Foi criado um novo arquivo Cloud_PDF_Proposta.knd que ativa a nova funcionalidade. Com este arquivo presente (e também o Cloud.knd), ao executar qualquer opção de impressão de proposta, no momento anterior à exibição da mesma no preview, o sistema:

  • Consulta nas preferências o Caminho para salvar proposta para envio por e-mail;
  • Prepara a impressão ainda sem o preview;
  • Exporta a impressão para PDF, salva o arquivo utilizando o caminho das preferências, nomeando o arquivo com o número da proposta;
  • Exibe o preview.

Portanto, será necessário apenas:

  • Criar uma pasta PDF_Propostas dentro da pasta de programas do cliente em nosso servidor na nuvem, colocar todos os arquivos que eles usam para a proposta (Imagem, cabeçalho de anexo, etc...);
  • Informar nas preferências do sistema, no campo Caminho para salvar proposta para envio por e-mail o caminho para a pasta criada;
  • Incluir na pasta programas do cliente o novo knd.

Ao clicar em enviar a proposta por e-mail o sistema vai automaticamente anexar o arquivo na proposta, após isso o envio do e-mail acontece normalmente.


 

Nos Pedidos de Compras, na inclusão de PC e na alteração de PC (guia Informações Adicionais > Transportes e Condições Comerciais), o sistema agora inclui entre as opções de Tipo de Entrega as opções solicitadas pelo cliente.
Assim sendo:

  • Entrega
  • Retira
  • Locação
  • EXW (nova)
  • FCI (nova)
  • FOB (nova)
  • FCA (nova)

Essa informação é impressa no modelo 1 do Pedido de Compras.


Novo campo no "Cadastro de Parceiros"

Criado um campo chamado "Potencial do cliente".

  • Este campo: somente aceitará caracteres numéricos, com valores entre 0 e 9.999.999;
  • Qualquer usuário com permissão para incluir/alterar o cadastro de parceiros de negócios terá acesso ao campo;
  • O campo estará disponível para qualquer parceiro de negócios cadastrado, sem distinção entre parceiros marcados como "Cliente", "Fornecedor" e/ou "Transportadora";
  • Quando um novo parceiro for cadastrado, o valor padrão deste campo será 0.
  • Obs.: Este campo estará disponível, assim como os demais campos do cadastro de parceiros de negócios, para importação por planilha eletrônica.

Criado o campo "Acerto" no cadastro de Contas a Receber

  • Este campo ficará disponível em uma nova coluna na grade de títulos Acerto.
    • Será necessário reiniciar a configuração de colunas do usuário.
  • Para informar o conteúdo deste campo, o usuário deverá dar um duplo clique nesta coluna, sobre o título. O sistema abrirá então uma caixa onde o usuário vai preencher manualmente.
    • O novo campo deverá comportar 50 caracteres e ser alfanumérico.
  • Ao confirmar, o sistema deve verificar se existem outros títulos da mesma nota fiscal em aberto no contas a receber e, caso existam, perguntar ao usuário se a informação deve ser replicada para esses outros títulos.

ALTER TABLE P0REC ADD ACERTO VARCHAR (50);


Criamos uma nova coluna na tela de Necessidades de Compras (Revenda e Industrialização): Qtde Total PV.
Disponível também para exportação em Excel.

Esse novo campo comporta a quantidade total do item no pedido de vendas, sem descontar algum valor caso tenha alguma alocação de estoque informada no mesmo.

Será necessário reiniciar a configuração de grades da tela de Necessidades de Compra:

Clique direito sobre a grade > Reiniciar a configuração da colunas


Log de Eventos: O sistema agora registro um log para as alterações da alíquota de ICMS na inclusão de itens na Proposta.
Log de Eventos: O sistema agora grava no Log de Eventos quando um usuário altera a Empresa de uma Proposta.


Bloqueamos algumas funções dos itens de pedido de vendas quando a preferência Bloquear alteração no valor unitário de PV vinculado à proposta está ativa:

  • Clique com o botão direito sobre o item do PV -> "Aplicar Desconto";
  • Abrir a tela de edição do item do PV, campo "Mark-up";
  • Clique com o botão direito sobre o item do PV -> Alterar preço com base no custo médio estoque;
  • Clique com o botão direito sobre o item do PV -> Alterar preço com base no pedido de compras vinculado (ambas as opções);
  •  

Decidimos não bloquear a função de atualizar a cotação da moeda. Embora ela altere o unitário do item de PV, a margem é preservada, por isso conceitualmente não precisaria ser bloqueada.


Alteração no cálculo DIFAL com Partilha do ICMS para o estado do PA (Pará), na proposta e no pedido de vendas:

Agora o sistema verifica se o Estado possui a regra de cálculo por dentro da Partilha do ICMS (e Fundo de combate à pobreza).


Criado um KND para descartar a gravação do campo Utilizar código sequencial quando marcado.

No cadastro de Propostas, tela "Imprimindo Proposta nº XXXXXXXXXXX > aba Opções de Impressão

Alteramos a funcionalidade da tarefa #93368 para deixar de funcionar por KND.
Se o arquivo ImpProp_DesativarCodSeq.knd estiver presente o sistema deixará de sugerir a marcação do campo "Utilizar código sequencial", mesmo se marcado anteriormente.


Criamos um Filtro por período automático na abertura dos seguintes cadastros:

  • Cadastro de Propostas;
  • Cadastro de Pedido de Vendas;
  • Cadastro de Pedido de Compras;
  • Cadastro de Notas Fiscais de Terceiros;
  • Cadastro de Notas Fiscais;
  • Movimento Bancário.
  • O período utilizado por padrão é de um ano, partindo da data atual até registros de um ano atrás.
  • Dentro do cadastro o usuário pode alterar o período no momento que quiser, em todas as telas nós criamos um botão chamado Filtro por período, o usuário poderá informar um período especifico ou Desfazer o filtro atual.
  • O filtro por período consegue trabalhar de forma conjunta com qualquer outro filtro e não influência em nenhum relatório.
  • Será necessário manipular o filtro para conseguir pesquisar dados mais antigos.
  • O sistema irá exibir junto ao título da tela o período filtrado para o usuário.
  • O objetivo desses filtros é aumentar a velocidade de operação e abertura das telas.

Criamos uma nova preferência do sistema para enquadrar as empresas do Simples Nacional que excederam o sublimite de receita bruta:

Preferências do sistema > aba Gerais grupo 'Fiscal' > sub opção Simples Nacional com excesso de sublimite da receita bruta

A nova opção somente poderá ser marcada se a opção Empresa optante pelo Simples Nacional estiver marcada.

Ao ativar a preferência o sistema passará a destacar o ICMS em todas as operações de venda (Proposta, Pedido de Venda, Nota Fiscal, Operações triangulares e de complemento).

Será necessário adequar os cadastros para que o sistema consiga trabalhar corretamente com o imposto, atualizando o cadastro de ProdutosParceirosCFOPClassificação FiscalProtocolos entre estados e etc..
Alguns alertas de emissão da nota foram desativados (CST e CSOSN).

O sistema passa a sugerir CST X40 para operação com não contribuinte.

Os Pedido de Vendas antigos não serão atualizados, essa operação deve ser feita manualmente pelo usuário.

 

Mensagens de Diferimento de ICMS:

Fora do estado (Estado de 'PR' para <> 'PR')

Nas condições previstas nas alterações #102114 / #106012 (DIFERIMENTO PARCIAL DE ICMS NOS TERMOS DO ARTIGO 28, ANEXO VIII DO RICMS/PR, DECRETO 7.871/2017), o sistema irá incluir nas informações adicionais da NF a seguinte mensagem:

DIFERIMENTO PARCIAL DE ICMS NOS TERMOS DO ARTIGO 28, ANEXO VIII DO RICMS/PR, DECRETO 7.871/2017.
Base de CÁLCULO ICMS – R$ 1.000,00
ICMS devido R$ 180,00, ICMS parcialmente DIFERIDO R$ 60,00
ICMS destacado – R$ 120,00

 

Dentro do estado (Estado de 'PR' para 'PR')

No caso das condições previstas na alteração #100530 (Em operação interna com DIFERIMENTO Artigo 108 do RICMS/PR DECRETO 6.080/2012) o sistema já realiza estes cálculos e inclui nas informações adicionais da NF os valores conforme o texto abaixo:

ICMS COM DIFERIMENTO PARCIAL, NOS TERMOS DO ARTIGO 108 DO DECRETO 6.080/2012 RICMS/PR. 
Parágrafo II
Base de Cálculo ICMS: R$ 2,08
ICMS devido: R$ 0,35, ICMS parcialmente DIFERIDO: R$0,14
ICMS destacado: R$ 0,21
  • O diferimento será informado no item do PV nas seguintes condições:
    • Quando o Estado da empresa e do parceiro forem iguais e a operação for diferente de "Ativo Fixo" ou;
    • Quando o Estado da empresa for igual "PR" e o do parceiro for igual a "EX".


ISS Retido:

Criamos uma nova preferência do sistema para controlar a 'retenção do ISS apenas na primeira parcela do título do contas a receber', para ativá-la acesse:

Utilitários > Preferências do Sistema > aba 'Faturamento' > grupo 'Emissão da NF' > marcar Contabilizar retenção de ISS na primeira parcela a vencer

P0PREF.ISSPRIMEIRAPARCELA

Assim como ocorre atualmente com a preferência Contabilizar IPI e ST na primeira parcela a vencer, o sistema realizará essa operação já durante a emissão da nota, ao calcular o valor da primeira parcela, com reflexo nos documentos de contas a receber gerados ao final do processo.
Também vale ressaltar que as 2 opções de preferência acima devem ser capazes de trabalhar de forma separada ou combinada.

A retenção de ISS é preenchida na tela de seleção de CFOP - Opções para emissão de nota fiscal, no campo Alíquota de Retenção de ISS (%) preencher a retenção desejada.

  • Ex.:
  • Valor do Serviço: R$ 1.000,00;
  • Alíquota do ISS: 2%;
  • Retenção de ISS: 10%;
  • Valor do ISS: R$ 20,00;
  • Número de parcelas: 5;
  • Valor normal de cada parcela: R$ 200,00
  • Ao marcar a preferência e faturar:
  • Calcular o valor do ISS a ser retido: R$ 1.000,00 * 10% = R$ 100,00;
  • Localizar e abater esse valor da primeira parcela: R$ 200,00 - R$ 100,00 = R$100,00
  • Resultado: 100,00 + (200,00 * 4) = R$ 900,00
    • Valor total da nota continuará sendo R$ 1.000,00


Carta de correção eletrônica e impressa:

Como não há tabela de códigos para carta de correção (eletrônica ou impressa) prevista na legislação, removemos essas tabelas do sistema:

  • Substituímos a tabela de códigos na tela, por uma informação sobre a legislação pertinente, orientando o usuário para que faça a inclusão das alterações, a seu critério, mas de forma correta;
  • Removemos a lista de códigos do template da Carta de Correção impressa.

Antes de reestruturar a base será necessário rodar o seguinte script em todas as bases:

DROP INDEX P0CCOR.NOTA

< Voltar